Guarda-Roupa Especial

Foto: @my8i2 _Brand MY812

O que faz com que um estilo um guarda-roupa seja mais distinto e único e especial do que outro?

Amor e autoconhecimento.

Amor, uma palavra que deverá fazer parte de nós (tudo começa por aqui, certo?!) e autoconhecimento. Porquê? Porque efetivamente só vamos estar conciliadas com o nosso estilo e com a colecção de peças que possuímos quando nos amarmos nas nossas perfeições e imperfeições e quando nos conhecermos ainda melhor. Teremos uma maior consciencialização pelas nossas escolhas, opções, e o que efetivamente queremos perpetuar e tornar em códigos ou fórmulas pessoais e intransmissível_ nosso estilo_

Quando iniciamos um processo de curadoria de guarda-roupa e estilo,  é quase certo que iremos começar pela consciência do que somos e o que pensamos sobre nós. Um check -up aos pensamentos que temos sobre nós próprios. Sem julgamentos! Tudo certo, o importante é mesmo começar! No entanto, quando nos aprofundamos na construção e criação do nosso estilo vão surgir dúvidas e incertezas. É normal!

Por onde começo? Quais os pensamentos sobre mim própria? O que possuo no meu guarda-roupa? O que eu efetivamente gosto ? O que serve o meu dia a dia, o meu modo de vida, o meu corpo? O que me motiva? O que me faz vibrar? O que me diferencia?

O Estilo, está intimamente relaciona com o auto-conhecimento por isso antes da sua curadoria vamos avaliar muito bem as seguintes questões:

  1. Autoconhecimento
  • Quais são os pensamentos que habitualmente tens sobre ti?
  • O que aprecias em ti? Física e psicologicamente?
  • Respeitas-te?
  • Valorizas as tuas qualidades e particularidades?
  • Valorizas a tua vitalidade e energia?
  • Aprecias a tua própria companhia?
  1. Após te conciliares com as tuas respostas, deveremos definir uma estratégia de consciência
  • Reconheces o que te completa, os teus hábitos, o teu modo de vida, as teu processo de escolhas?
  • Fazes as tuas escolhas consciente do que realmente desejas, com o teu estilo de vida?
  • Mantens uma vida própria com as acções que te fazem feliz?
  • Mantens conexão contigo própria e expressas-te de uma forma honesta, individual, alegre e verdadeira
  1. Uma vez o teu caminho definido, vamos para a construção da estratégia curadoria da nossa coleção de peças de roupa.
  • Como está organizado o teu guarda-roupa?
  • Qual a arquitetura  e tipologia do teu guarda-roupa?
  • Onde e como compras as tuas peças de roupa?
  • Como irás fazer doravante, escolhas mais consciente e de acordo contigo e o teu estilo de vida?

Quanto melhor definirmos o tipo peças de roupa que gostamos e que queremos, melhor conseguiremos enaltecer um estilo individual. Há peças que nos ficam melhor que outras, cores que preferimos em detrimento de outras, silhuetas, texturas, tecidos, marcas, isto leva-nos a uma melhor consciencialização na hora da compra (consumo consciente).

Quando olhamos para um guarda roupa com uma imagem visual distinta e única. Ele reflecte, 5 elementos chave:

  1. O que eu sou e comunico
  2. Materiais
  3. Cor
  4. Silhuetas
  5. Imagem/Vibração geral

Neste sentido é importante definir a nossa imagem visual e quais são as nossas peças signo ou símbolo, as peças básicas/ elementares, peças momento/tendência que definem o nosso código e nossa formula pessoal_ estilo.

Por isso, na construção criação do teu guarda-roupa perfeito deverás considerar 3 tipos de peças:

  • As peças  signo ou símbolo que reflectem a maior coerência entre as nossas particularidades os nosso gosto. É uma peça central que nos distingue. Exemplo (vestidos fluidos, calças de ganga, saias compridas, calças de alfaiataria, sapatos excêntricos) São peças versáteis, que combinam perfeitamente com as situações de vida que vivenciais no teu dia à dia, são “as tuas peças”, tu já as conheces pelo tipo de peça, pelo corte ou pela cor porque já conheces perfeitamente o teu gosto e o teu corpo.
  • A peças básicas/elementares, uma categoria que de certa forma traz leveza e equilíbrio, mas não são as que se destacam mais. Podem ser peças mais neutras, menos estruturadas, com menos detalhes, que as outras tuas peças, mas tem que necessariamente ser de muita boa qualidade, e não necessariamente aborrecidas.
  • As peças momento/tendência poderão surgir mais como reflexo de uma tendência ou algo complementar ao teu estilo. As peças momento/tendência, são peças que por algum pormenor, corte, cor, marcam um tempo, um momento que sai um pouco do teu estilo habitual, mas que de alguma forma venham acrescentar mais variedade ao teu guarda-roupa, vão ajudar a expressares diferentes aspectos do teu estilo. São peças que podes sempre ser usar em ocasiões e situações mais especiais e especificas ou quando queres acrescentar algo novo e diferente no teu guarda-roupa.

Acho que esta categorização te poderá ajudar a e a potenciar um estilo e o guarda-roupa individual e único.

Curioso? Vai acompanhando mais de perto o meu trabalho pois tenho a certeza que vais encontrar informação relevante e importante para a construção e curadoria do teu Guarda-roupa !

 

2 Comments

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.